domingo, 23 de dezembro de 2012

Momentos Seishin Karate-Do Kyokai

Fica aqui a nossa mensagem de Natal para todos.
Que o ano de 2013 traga muitas vitórias. Não vitórias de medalhas, mas vitórias de crescimento, vitórias de caráter, vitórias de paz, vitórias de amor.
Que possamos construir e não destruir.
Que possamos somar e não subtrair.
Que amemos cada dia mais nossos pais, nosso cônjuge, nossos filhos e nossos irmãos.
Que tenhamos saúde para continuar na prática do Karate.
Feliz 2013.
São os votos da Seishin Karate-Do Kyokai.
Oss!



sábado, 24 de novembro de 2012


Deixo aqui a demonstração de como não se deve portar um praticante de Karate no Koto, no meu entendimento. A postura desse italiano após essa ridícula luta demonstra a falta de respeito as tradições do Karate. É por isso que muitos criticam o Karate esportivo, apesar de eu defendê-lo.
Maus exemplos não devem ser copiados, mas sim tomados como ensinamento. Uma vergonha!!! Espero que ele seja uma exceção e não a regra.
A comemoração de uma vitória, por um praticante de karate, deve ser comedida pautada no respeito pelo adversário e pelos princípios do Karate que nos foram ensinados por nossos mestres e por seus mestres.
Karate não é futebol ou um basquete da MBA, Karate é uma arte marcial envolta em princípios éticos e morais bem definidos e me parece que esse italiano não entende bem o que é Karate.
Cada vez mais vejo a distância de alguns atletas de karate com a palavra Karateca.
Vejo que para ser um campeão mundial de Karate não precisa ser necessariamente um Karateca, basta ser rápido e saber fugir bem do combate.
Não existe mais kime, postura adequada, nem respeito.
O pior é que vi um árbitro aplaudindo essa demonstração decadente.
Paciência, não mudarei a minha forma de encarar Karate.
Menos Karate e mais Karate-Do.
Oss!

terça-feira, 23 de outubro de 2012

VII COPA LEÃO DE KARATE - RESULTADO GERAL

De 64 academias participantes a Associação Seishin Karate-Do Kyokai fica em 7° lugar na classificação geral, com apenas 10 participantes e sem participação categorias feminina e equipe
Kata masculino 3° lugar geral.
Kumite masculino 4° lugar geral.
Parabéns para todos os atletas e para todos alunos da Seishin. As medalhas conquistadas não pertencem apenas aos seus conquistadores, mas também a todos os seus colegas de treino, porque sem eles seria impossível se chegar a essa conquista.
Oss!








domingo, 21 de outubro de 2012

VII Copa Leão


Quero aqui deixar os meus parabéns para a Fernanda Leão pela coragem em promover um evento de tão grande porte. É preciso ter coragem para fazer um Torneio de Karate, em apenas um dia, no Maracanãzinho com 810 atletas, sem dinheiro e com a pouca visibilidade que o Karate vem enfrentando, principalmente no Rio de Janeiro.
Parabenizo também todos os colaboradores do evento, demonstrando um envolvimento com a proposta que sem ele seria impossível a conclusão do evento em um bom tom.
Aos responsáveis pelas apresentações feitas compartilho a minha boa surpresa em constatar o nível de qualidade técnica e teatral que nos foi proporcionado por seus alunos e colegas de treino.
Aos técnicos, professores e atletas parabenizo pelo nível técnico, físico e de respeito apresentado. Não vi em nenhum Koto comportamentos exacerbados que fossem passíveis de se pontuar aqui como de desrespeito a proposta do Karate, o que é de se elogiar, tratando-se de um evento com tamanha participação. Uma pequena esquentada aqui ou ali é compreensível em um esporte de contato, mas todos ao final das lutas estavam sempre controlados e equilibrados.
O único senão fica por conta de alguns “árbitros” que acham que não devem responder a uma ou outra pergunta feita. Que respondem as perguntas feitas de maneira grosseira e indelicada, demonstrando a sua insegurança, sua falta de estrutura psicológica e de argumentação. Esses árbitros devem saber que eles são peças importantes no evento, mas que apenas fazem parte dele e que os verdadeiros donos do evento são sempre os atletas e que devem ser tratados com respeito, sendo-lhes devida toda a informação que por eles sejam solicitadas. Infelizmente em um evento desse porte nos deparamos com árbitros, que apesar de experientes, continuam cometendo erros que já cometiam há dez anos e que nada somam para o engrandecimento da FKERJ e do evento propriamente dito. Felizmente também temos bons árbitros, que se distanciam de envolvimentos afetivos e pessoais, para fazer o seu trabalho de
maneira profissional e ética. Errar todo árbitro erra, mas não pode ser grosseiro e muito menos voltado para parcialidades.
Quero agradecer ao apoio dado pelos amigos, que com suas palavras na beira dos Kotos me estimulam em participar de novos eventos, apesar de um Karate tão desfigurado como é esse Karate do Rio de Janeiro.
Por último quero agradecer aos meus alunos da Seishin. Dizê-los o que não tive tempo de dizer no evento pela complexidade dele, tendo que me deslocar para vários Kotos ao mesmo tempo. Dizer que fiquei muito feliz com a participação de todos, já no momento da inscrição. Ganhar um campeonato depende de muitas variáveis, mas a pré-disposição de se inscrever depende apenas do aluno e somente este ato deve ser encarado como uma primeira vitória, porque aí já se identifica o espírito de um verdadeiro Karateca, que se coloca a prova sem saber o que virá pela frente.
Participamos em 06 categorias de Kata e 05 categorias de Kumite:
No Kata: com 09  atletas.
2º. Lugar – Gabriel – categoria 14/15 anos – Branca a Laranja;
1º. Lugar – Cristian – categoria 36 anos acima – Branca a Marrom;
No Kumite: com 10 atletas.
3º. Lugar – Gabriel e Eduardo – categoria 14/anos – Branca a Laranja, - 65kg;
1º. Lugar – Marcelo – categoria – Master 36 acima – Preta;
·         Três alunos perderam suas lutas na bandeira, devido ao empate no tempo normal.
Total de 05 medalhas – 02 de ouro, 01 de prata e 02 de bronze.
Oss!

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Pesquisa Educacional sobre alunos praticantes de Karate

Se você é pai ou responsável de algum praticante de Karate, por favor, dê um pouco de seu tempo e responda o questionário abaixo. O Karate agradece a sua participação. Oss!

Clique aqui para responder ao questionário

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Seminário de Shiai Kumite com o professor Daniel Caputo

Neste final de semana participei de um treinamento ministrado pelo Professor Daniel Caputo, Faixa Preta 4° Dan e detentor de diversos títulos pela Federação de Karate Interestilos e outros.
O curso foi ministrado em uma academia na Rua Cândido Benício, próximo a Praça Seca em Jacarepaguá.
A academia é excelente, talvez a melhor naquela área.
O treino/curso começou às 09:00 e terminou por volta das 16:30 sendo muito bem distribuído.
Na parte da manhã aula teórica/prática e na parte da tarde só prática.
Daniel Caputo demonstrou várias técnicas que eram utilizadas por ele, de maneira bem divertida e agradável.
Foi muito bom estar com novos amigos e rever Daniel Caputo, pessoa que conheço desde os 10 anos de idade, quando ainda meu aluno de Educação Física no Colégio Pedro II, hoje um atleta renomado e um professor de Educação Física experiente.
Parabéns aos faixas pretas Marcelo e Marcel, organizadores do evento.
Um forte abraço ao Daniel Caputo e sinceros desejos de sucesso.

Marcel, Daniel Caputo, Joil Dias e Marcelo


Minha homenagem ao faixa branca mais idoso que já conheci, demonstrando que nunca é tarde para começar.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Copa Fernanda Leão no Maracanãzinho - RJ


Dr. Paulo Souto - Candidato a Vereador do Rio de Janeiro


Então pessoal!
Todos que me conhecem sabem que não tenho como hábito me envolver em política, muito menos indicar um ou outro candidato, por não acreditar muito nos políticos, por tudo que vemos por aí. Mas, as vezes me pego pensando que a minha não participação ativa em alguns movimentos políticos é uma forma camuflada de omissão, deixando que pessoas incompetentes assumam cargos onde outros deveriam estar.
Por esse motivo resolvi tornar público o meu apoio ao meu amigo Paulo Souto. 
Dr. Paulo Souto, Professor de Educação Física, Advogado, Delegado de Polícia do Estado do Rio de Janeiro, uma pessoa de meu relacionamento, que conheço a mais de 20 anos, que nunca se elegeu e hoje concorre ao cargo de Vereador do Rio de Janeiro.
Acredito que a grande maioria dos já eleitos, que estão todos esses anos no poder e nada fizeram, não merecem continuar, está na hora de mudança.
Peço aos amigos que caso não tenham um candidato que apoiem essa candidatura, pois teremos acesso livre a uma pessoa qualificada e amiga, para reivindicar nossos anseios.
Abraços
Joil

domingo, 5 de agosto de 2012

Karateca Lyoto "Dragon" Machida detona mais um no UFC on FOX

Ontem o nosso mais ilustre representante do Karate Shotokan detonou mais um oponente no UFC, versão ON FOX em Las Vegas.
Quem viu pode até ter a impressão de que o Ryan Bader é um adversário fácil de ser batido e que estava mal preparado, mas não se enganem, isso não é verdade. A verdade é que Lyoto veio muito bem preparado, com uma estratégia de luta bem definida e o êxito ocorreu porque ele conseguiu executar o que foi traçado.
Lyoto se utilizou da estratégia mais utilizada no Karate, que é o contra-ataque. Ryan Bader simplesmente não encontrou a distância ideal para encontrar Lyoto, que quebrada a distância a todo momento com sua movimentação de braços e pernas, confundindo o seu oponente totalmente.
Já no segundo round Lyoto liquidou a fatura com um recuo do ataque sofrido por Ryan e aplicou um belo soco direita, iniciando assim a demolição do fortão Ryan.
Parabéns à todos que participaram desse trabalho junto ao Lyoto, que me pareceu bem focado e não sofreu em nenhum momento da luta qualquer pressão de seu oponente.
Bela luta Lyoto, mais um ponto para a família Machida e nós karatecas só podemos agradecer o seu empenho na divulgação dessa arte marcial tão nobre./
Oss!
Joil Pimentel Dias

video

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Exame de Faixa - Seishin Karate-Do Kyokai

No último dia 27 de julho realizamos mais um exame de faixa na Associação Seishin. Participaram do exame os alunos João Diaz, Agnaldo Rego, Fábio Gabino e Alexandre Andrade. Todos os participantes tiveram a sua aprovação de graduação, demonstrando muito empenho na execução dos exercícios propostos. Parabéns aos alunos pelas novas graduações, lembrando sempre que Karate é para a vida e este momento é apenas um dos muitos momentos que virão. Att, Joil Pimentel Dias Oss!

video
KUMITES

segunda-feira, 23 de julho de 2012

1 ENCONTRO NOTURNO AO AR LIVRE DE KARATE DO RIO DE JANEIRO

No dia 21 de julho do corrente ocorreu no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, o I Encontro Noturno Ao Ar Livre de Karate do Rio de Janeiro. O evento foi idealizado pelo Ivany e divulgado amplamente na rede social do Facebook. Apesar de 300 pessoas terem confirmado a participação, apenas umas 70 pessoas estiveram presentes no evento. Apesar disso, é unânime a ideia entre os participantes de que o evento foi um grande sucesso. Todos estavam envoltos em um espírito de solidariedade e amizade. Muitos amigos de anos se encontraram e treinaram juntos como há muito não faziam. Agradecimentos aqueles que se voluntariaram em ajudar no evento, como o Fred, aluno do Uriu, que se prontificou em levar uma caixa de som e um microfone sem fio, tudo a bateria, já que a Prefeitura não disponibilizou pontos de luz para o evento. Estiveram presentes praticantes de todas as federações e estilos de Karate, demonstrando que o Karate é muito mais do que estilo e federação, o Karate é um só. Algumas fotos tiradas de celular podem demonstrar um pouco do que estou relatando. Oss! Joil

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Lyoto Machida ajuda no treinamento de Roger Grace para sua luta nesse próximo sábado 14 de julho.

Escalado enfentar o veterano Keith Jardine, pelo Strikeforce nesse sábado (14), em Portland, nos EUA, Roger Gracie fará a sua estreia entre os pesos médios. O faixa preta de Jiu-Jitsu conta com um cartel de quatro vitórias por finalização e uma derrota para King Mo, em sua despedida dos meio pesados.

Após o nocaute sofrido para Lawal, Roger desceu de categoria e foi em busca de novos treinos para melhorar a sua parte em pé, já que o seu Jiu-Jitsu dispensa apresentações. E ninguém melhor do que o ex-campeão do UFC, Lyoto Machida, para dar uma força ao maior campeão da história da arte suave.

Roger realizou todo o seu camp para a luta com Jardine, na academia Black House, de Los Angeles e ficou muito satisfeito com a troca de técnicas que trocou com Machida.

“O treino aqui na Black House tem sido muito bom, temos caras muito bons me ajudando aqui. Especialmente o Lyoto que tem me ajudado muito e que vai lutar depois de mim. Isso foi muito bom porque nos possibilitou realizar um camp ao mesmo tempo. Lyoto é um grande cara, tem uma excelente personalidade e nós temos nos ajudado muito. Nossos jogos se complementam e temos muito a ajudar um ao outro. Ele tem um jogo em pé fenomenal, tem tudo que eu preciso para melhorar a minha parte em pé. Se eu conseguir pegar um pouco do jogo de pés dele, de sair e entrar, serei um lutador completo”, disse Roger.

Confira abaixo o vídeo produzido por Mike Lee, que mostra o Gracie treinando com Lyoto, André Galvão e outras feras da Black House


terça-feira, 3 de julho de 2012

Sensei Joil leva alunos do Colégio Pedro II para os Jogos Intercolegiais e dá entrevista para o programa Tá na Área do Canal SPORTV

No último dia 30 de junho ocorreram os 30° Jogos Intercolegiais da Cidade do Rio de Janeiro, na modalidade Karate.
O Colégio Pedro II se fez representar na competição, pela primeira vez, com 4 atletas de três Unidades de Ensino, Tijuca II, Engenho Novo II e São Cristóvão II, que foram recrutados e orientados pelo Sensei Joil Pimentel Dias, Coordenador de Educação Física da Unidade Tijuca II e representante da Seishin Karate-Do Kyokai.
A participação do CPII foi bastante expressiva, conseguindo a 8ª colocação geral, o 5° lugar geral no Kumite e 8° geral em Kata.
O atleta da Seishin e também aluno do CPII, Eduardo Valadão, conseguiu o 2° lugar na categoria Kumite, branca a laranja.
Segue a reportagem feita pelo SPORTV para o programa Tá na Área, com o Sensei Joil.

video


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Torneio Aberto da Cidade de Deus - RJ

Segue abaixo as fotos e os vídeos dos dois alunos da Seishin, faixas vermelhas, que participaram do evento promovido pelo Átila.
video
Dudu - Heian Shodan

video
João - Heian Nidan

video
Dudu - Kumite

video
João - Kumite

Dudu e João

Joil, Dudu e Átila









domingo, 24 de junho de 2012

II JOGOS ABERTOS DE KARATE DA CIDADE DE DEUS


No dia de ontem a Associação Seishin Karate-Do Kyokai participou, com
apenas dois atletas, dos II Jogos Abertos da Cidade de Deus, promovido
pelo Átila.
Nessa participação conseguimos os seguintes resultados:
1. Categoria Branca à Laranja- 13/14 anos - 1° Lugar Kata e 1° Lugar
Kumite, o aluno Eduardo Valadão.
2. Categoria Branca à Laranja- 14/15 anos - 1° Lugar Kata, o aluno João
Diaz.

É importante frisar que a Seishin mesmo participando sempre com poucos
atletas, em todas as competições que participa, sempre se faz presente
ao pódio em quase todas as categorias, o que é de extrema relevância.

Quero parabenizar a participação dos dois alunos, salientando que só em
participar de um evento de Karate já é suficiente para se captar
elementos importantes na formação de qualquer atleta. A vitória, como
sempre digo, depende de muitos fatores, os quais, nem sempre podemos
controlar.

Agradeço particularmente ao Bruno por estar presente no evento, mesmo
sem ter que competir, auxiliando no aquecimento e nas orientações dos
atletas. fossem elas psicológicas ou técnicas, sempre que solicitado.

Parabéns ao Átila pela organização do evento e obrigado pelo convite que nos foi enviado. Sabemos das dificuldades existentes em se promover um evento como esse, totalmete gratuíto e com todos os requisitos necessários para um bom evento, como: local adequado, tatami, médico, som, placar eletrônico, árbitros, enfim, uma estrutura que só se consegue com muito trabalho.

Parabéns à todos.

Oss!

Joil Pimentel Dias

quinta-feira, 7 de junho de 2012

MMA - É tudo muito bonitinho, mas isso ninguém quer falar


Lesões cerebrais em lutadores de boxe e MMA podem começar após 6 anos de carreira
Os lutadores podem sofrer com demências e outros tipos de doenças neurológicas em decorrência dos golpes violentos que levam ao longo da carreira.
De acordo com um estudo realizado pelo médico Charles Bernick, do Lou Ruvo Center for Brain Health, em Las Vegas, os lutadores de boxe e MMA podem sofrer danos cerebrais após seis anos de atividade. Para chegar a esta conclusão, a pesquisa avaliou 170 lutadores.
Devido as possíveis lesões cerebrais que afetam os lutadores, Bernick alertou que o acompanhamento deve acontecer o quanto antes para evitar problemas sérios. Os resultados da pesquisa alertaram que os sintomas aparecem com frequência nos lutadores, além do que algumas doenças se desenvolvem com mais facilidade, como é o caso do Parkinson e Alzheimer.
Para chegar aos resultados, o estudo realizou ressonância magnética nos participantes e também propôs testes de cognição durante um ano. Bernick constatou ainda nas suas avaliações que os danos no cérebro se desenvolvem antes mesmo dos sintomas, por isso a necessidade dos lutadores consultarem um médico regularmente.
Os organizadores de campeonatos e responsáveis pelas lutas não demonstram tanta preocupação com a saúde dos lutadores. Os exames que avaliam as condições cerebrais são obrigatórios somente no início da carreira, mas não existe uma recomendação para que os profissionais dos ringues façam ressonância magnética com mais frequência.
Os golpes das lutas podem contribuir com o aparecimento de doenças graves, por isso a atenção precisa ser redobrada para o aparecimento dos primeiros sintomas. Entre as lesões cerebrais que acontecem com frequência, vale ressaltar demência pugilística, que se manifesta inicialmente pela dificuldade de pensar e perda de memória.
Bernick alerta que, quando o lutador perceber os primeiros sinais dos danos cerebrais, ele deve reduzir o número de lutas. Entre os sintomas típicos, destacam-se a irritabilidade, paranoia, déficit de memória, lentidão de pensamento, voz enfraquecida, movimentos lentos e problemas de equilíbrio. Enfim, os danos afetam a cognição, o comportamento e a coordenação motora.
A pesquisa realizada por Charles Bernick deve continuar por mais quatro anos, afinal, a intenção é acompanhar 625 lutadores para diminuir os danos causados pelos esportes violentos.

Casos de danos cerebrais por causa das lutas
O ex-UFC Gary Goodridge sofre de demência pugilística em decorrência do esporte violento com o qual construiu uma carreira. Ele alega que é bastante complicado conviver com a doença, além do que não há um tratamento definitivo para ela. Para retardar o processo, Gary toma remédios.

Gary Goodridge tem doença degenerativa na cabeça diagnosticada

Encefalopatia traumática crônica (ETC) é uma lesão cerebral causada por repetidos traumatismos cranianos. Lutador não se arrepende do passado

Gary Goodridge, ex-lutador de UFC, Pride e K-1, teve diagnosticada uma doença degenerativa chamada encefalopatia traumática crônica. A ETC, como é chamada, é uma lesão cerebral causada por repetidos traumatismos cranianos. Goodridge, nascido em Trinidad e Tobago, tem 46 anos e uma carreira extensa tanto no MMA (23-22) quanto no kickboxing (12-24-2). Lutava desde 1999, mas já não sobe aos ringues desde 2010. E não se arrepende de nada.

- Eu amo o jeito que vivo minha vida, quero dizer que eu gostaria de fazer pequenas mudanças, mas não, eu não tenho arrependimentos. Eu adorava a maneira como minha vida era, eu vivi uma vida boa, e eu estou feliz com o que eu fiz - disse Goodridge ao site "MMAWeekly".

A encefalopatia traumática crônica é comumente encontrada em lutadores de boxe, jogadores de futebol americano, de hóquei no gelo e outros atletas que sofreram repetidos choques traumáticos na cabeça.
Goodridge, que chegou a lutar mais MMA do que kickboxing, credita as lesões aos combates que fez no K-1, maior evento de trocação do mundo e onde não é permitido luta no solo, nem golpes de estrangulamento ou torção. Ele lançou recentemente sua autobiografia e quer alertar os lutadores sobre os perigos das concussões.
- Você tem as notícias que apenas tem que lidar com isso, viver com ele. Não há tratamento. Há comprimidos para tornar o processo da doença mais lento, mas é inevitável. Eu gostaria de compartilhar com as pessoas, mas eu acho que a maioria das minhas lesões veio do K-1. MMA realmente não era um problema, porque não há quase nenhum golpe na cabeça. Cerca de 90% de meus ferimentos vieram do K-1, onde não há traumatismos cranianos, mas há mais lesões na cabeça.

MMA: lesões podem ir além de músculos e ossos

O MMA (do inglês mixed martial arts – artes marciais mistas) virou moda. E já é a modalidade de esporte que mais cresce percentualmente em todo o mundo. E essa moda, é claro, pegou nas academias do Brasil. Mas como se preparar para um esporte tão violento e perigoso?

Como o nome já diz, o MMA é formado por diversas modalidades de artes marciais combinadas, que incluem tanto golpes de lutas em pé quanto técnicas de lutas no chão. Por esta razão, seu treino pode ser bastante complexo e deve ter atenção especial.
De acordo com o médico fisiatra do Einstein, Dr. Mário Sérgio Rossi Vieira, para o treinamento do MMA é fundamental que o instrutor seja bem versado nessas diversas técnicas.

“Como cada modalidade exige técnicas diferentes de treino, é muito importante que o MMA seja ensinado por diversos instrutores de modalidades distintas ou por um instrutor que conheça bem cada uma delas. A importância aqui é reduzir o risco das lesões que podem surgir em cada modalidade”, explica.

As principais lesões causadas pelo MMA são de ordem física e neurológica. Podem ser divididas nos seguintes tipos:

 

Risco por treinamento


Aqui, independente do contato com um adversário, o individuo praticante de MMA pode se lesionar somente pelo treinamento inadequado. “O indivíduo tem que ser bem orientado para prevenir lesões, minimizar riscos e aumentar a sua eficiência”, avalia o médico.

“Uma academia com instrutores bem preparados é fundamental para que as técnicas tenham melhor padrão possível para não forçar articulações, músculos e tendões desnecessariamente ou de maneira errada”, alerta.

 

Risco por contato


O MMA é um esporte que proporciona praticamente contato total com o adversário. Com isso, aumentam-se os riscos de lesões em diversas partes do corpo. Os maiores são de contato direto por chutes, socos e estrangulamento.

Essa relação violenta pode levar a lesões mais simples – como hematomas e contusões – ou mais complexas – quando um chute acerta, por exemplo, uma articulação, podendo provocar luxações, rompimento de ligamentos ou até mesmo fraturas, como de costelas. Lembrando que as fraturas também podem acontecer nas mãos e pés de quem está batendo, e não somente em quem está recebendo os golpes.

 

Risco neurológico


De acordo com o neurologista do Einstein, Dr. Pedro Paulo Porto Junior, essas pancadas repetitivas do MMA podem resultar em pequenas lesões axonais no cérebro que, dependendo da intensidade, podem provocar alteração de raciocínio e complicações neurológicas. “Uma disfunção neurológica em uma ou outra parte do corpo depende da região que for lesionada no cérebro”, explica o neurologista.

“Esses golpes podem levar inclusive a lesões importantes na região entre a base do crânio e a coluna cervical. Nesse caso, dependendo da intensidade, poderia acontecer até um paralisia dos membros, por exemplo”, afirma o Dr. Pedro Paulo.

E ele alerta: “Quem tiver má formações vasculares, como aneurisma e fístulas arteriovenosas, têm risco aumentado de complicações neurológicas por causa dessas lesões”.
Lutador de MMA morre com lesões no cérebro seis dias após luta-30 Mai 2012

De acordo com sua sogra, Violet Schieman, após a luta, Dustin Jenson ainda acompanhou os dois confrontos seguintes antes de seguir ao vestiário, onde sofreu um ataque epiléptico.

Los Angeles - O lutador de MMA, Dustin Jenson, morreu seis dias após sofrer uma lesão no cérebro durante uma luta no dia 18 de maio, na Dakota do Sul, Estados Unidos. Era apenas seu quinto combate no esporte. As informações são do site Bloody Elbow.

Jenson tinha 26 anos e participava do RingWars, quando foi derrotado por submissão. De acordo com sua sogra, Violet Schieman, após sua luta ele ainda acompanhou os dois confrontos seguintes antes de seguir ao vestiário, onde sofreu um ataque epiléptico.

De acordo com Schieman, o corpo médico que o atendeu no local disse que a pressão cerebral de Jenson era alta e ele foi colocado em coma induzido antes de uma cirurgia para despressurizar o cérebro. Jenson foi declarado morto dia 24 de maio e teve seus órgãos doados.

Schieman disse que sua filha, Rebecca Jenson, lhe contou que a luta não foi violenta, opinião que é compartilhada por médicos que assistiram à luta. "Eles disseram que a luta pode ter causado um aneurisma cerebral, mas não foi violenta".

30.01.2012 - 16:26

 

FEDOR PODE TER APOSENTADO DO MMA CAMPEÃO OLÍMPICO DE JUDÔ POR LESÃO CEREBRAL

Herói nacional por conta de medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, entre os pesos pesados do judô, o japonês Satoshi Ishii está com sua carreira no MMA em risco. A imprensa do país noticiou no último fim de semana que uma lesão cerebral pode fazer com que ele deixe as lutas de vez.

A revista semanal japonesa Cyzo publicou que o lutador de apenas 25 anos sofreu um edema cerebral ao ser nocauteado com uma série de socos na cabeça pela lenda russa do MMA Fedor Emelianenko, ainda no primeiro round, no tradicional evento de Réveillon que é realizado todo ano no país.
A lesão veio a público depois de ele recusar uma luta com o brasileiro Ricardo Arona, que seria realizada em março deste ano. Em setembro passado, ele já veio para cá, quando empatou seu combate com Paulo Filho na primeira edição do Amazon Forret Fight.
Esse poderia ser o fim de uma promissora carreira do jovem lutador, que era apontado como principal esperança para o Japão voltar a ter um nome de destaque no MMA depois da época do extinto Pride.
Logo após conquistar sua medalha olímpica, Satoshi Ishii demonstrou interesse em trocar o judô pelas artes marciais mistas. Duramente criticado no país inicialmente pela mudança, estreou no MMA no final de 2009, com uma derrota para Hidehiko Yoshida.
Deste então, ele teve uma carreira de sete lutas profissionais, com quatro vitórias, duas derrotas e um empate. Veja abaixo a luta entre Fedor e Ishii.

domingo, 3 de junho de 2012

Popó é o cara.


Popó é o cara, depois de cinco anos parado, agora com 36 anos, encara o Campeão Sulamericano de Boxe, com apenas 22 anos.
Popó dominou toda luta, programada pra 10 rounds e quase no final, concluiu com um nocaute técnico.
Popó demonstrou que é preciso ter humildade, porque sempre haverá alguém melhor do que a gente.
Parabéns Popó, campeão no boxe e campeão na vida.
Joil

É sempre bom falar do Lyoto.

É sempre bom falar de Lyoto Machida, hoje o Carateca de maior destaque no cenário nacional.
Não resta dúvida de que o MMA é o evento que dá a maior visibilidade aos estilos de luta e o Lyoto Machida, o The Dragon, é o nosso representante maior.
Estamos todos torcendo para um excelente resultado entre ele e o seu próximo adversário agora no dia 04 de agosto. 
Força Lyoto The Dragon Machida.
Oss!
Joil


Baiano radicado no Pará leva família para cidade que sediará sua luta de 4 de agosto e faz intercâmbio com praticantes de luta olímpica nos EUA

Por Adriano AlbuquerqueDireto de Los Angeles, EUA

32 comentários
Orgulho de Belém, o lutador Lyoto Machida trocou o Norte do Brasil pelo Oeste dos EUA. O baiano radicado no Pará se mudou para Los Angeles, onde está há cerca de duas semanas, e vai ficar na cidade até o duelo contra o americano Ryan Bader pelo UFC em 4 de agosto, que acontece no Staples Center, ginásio do Los Angeles Lakers e Los Angeles Clippers, equipes da NBA (liga profissional de basquete dos EUA), e do Los Angeles Kings, time da NHL (liga profissional americana de hóquei no gelo).
Lyoto Machida Roger Gracie Carlos Eduardo Tá Danado mma ufc (Foto: Adriano Caldas/Sportv.com)Lyoto Machida (de laranja) treina com Roger Gracie e Carlos Eduardo "Tá Danado" na Black House, em Los Angeles, em março deste ano (Foto: Adriano Albuquerque/Sportv.com)
O carateca chegou à Califórnia há 15 dias e vem alternando treinos entre a Black House, academia de seus agentes Jorge "Joinha" Guimarães e Ed Soares, e a Kings MMA, do técnico Rafael Cordeiro. O propósito da mudança é realizar um maior intercâmbio com wrestlers (lutadores da luta olímpica), já que o próximo adversário de Lyoto, Ryan Bader, tem a modalidade como sua principal característica.
- Toda vez que lutei com wrestlers, procurei vir para os EUA para dar um upgrade, dentro do ritmo do wrestling. Desta vez, pensei em procurar um negócio melhor, com mais contato, sem ser apenas um periodozinho de uma ou duas semanas. Quero aprender bem, para poder fazer exatamente o que eu quero - afirmou Lyoto Machida ao SPORTV.COM.
MMA Lyoto e filhos (Foto: Reinaldo Silva JR)Lyoto com os filhos: a família toda vai para L.A.
antes da luta com Bader (Foto: Reinaldo Silva JR)
Os fãs do estilo arrojado de Lyoto, cheio de pontapés e movimentação incomum, não devem ficar preocupados. O brasileiro pretende continuar lutando como sabe, mas disse que a mudança na preparação é justamente para lhe dar segurança para impor sua luta.
- Quero melhorar cada vez mais e me sentir seguro em todas as áreas. Quero colocar meu jogo com mais tranquilidade, sem receio de ter que clinchar psra fazer uma queda, para ter um chão mais tranquilo. Tudo voltado para meu estilo, que é o caratê - explicou.
O plano inicial de Lyoto era ficar apenas dois meses e fazer o mês final de preparação no Brasil. Entretanto, o trabalho está indo tão bem que o baiano resolveu estender sua estadia. O carateca, que já morou nos EUA em 2003, levou a esposa e os filhos para Los Angeles. Seu irmão Chinzo Machida chega na semana que vem e seu pai, mestre Yoshizo, se junta ao grupo em julho. Por enquanto, ele vem trabalhando com Rafael Cordeiro, Fabrício Werdum e o wrestler Kenny Johnson, e também fez treinos com Rickson e Kron Gracie.
- Também estou indo, talvez na semana que vem, passar na academia do Mark Muñoz, e estou aproveitando esses momentos para somar o máximo de sparrings possíveis. O Roger Gracie está chegando aqui, ele vem treinar para a luta dele. Está sendo muito bom - concluiu.